Post published by Stitch 626

Dia 2 - Repúdio

Parte do processo do NoFap é entender como o PMO afeta o nosso cotidiano e os nossos objetivos a longo prazo. Quando eu me dei conta da quantidade de tempo e energia que eu gastei de maneira incorreta, satisfazendo um pecado ao invés de estudar e me dedicar, além de ver como a minha realidade estava corrompida, eu comecei a abominar a masturbação. Escolhendo uma personificação do vício, eu rapidamente penso no Gollum, um personagem cujo bom coração foi lentamente distorcido por um mal que ele não conseguia controlar, oferecendo sua vida pelo que o consumia.
[​IMG]
Sempre tento ver a prática como algo imundo, podre, mas infelizmente, fácil e gratuito, que só destrói as nossas vidas e rouba tudo aquilo pelo que lutamos.

O que você mais despreza no PMO?
tranqueira more_vert
tranqueira
Caramba, legal sua ideia. O que mais abomino é o fato de gostar do prazer momentâneo que da, em como faz as pessoas virarem objetos, quanto ao personagem? Bom, ainda não pensei, mais tarde respondo.
|Gon|, RockyBalboa97 and Stitch 626 like this.
RockyBalboa97 more_vert
RockyBalboa97
Comparação top! Eu odeio a capacidade que pmo tem de nos fazer escravos. Nos torna homens fracos sem energia, que não dão o seu melhor nos objetivos, estudos, trabalho, família, etc, A nossa vida aqui já é curta e desperdiçamos o tempo com essa merda, imoral, pecaminosa... Nos faz viver no modo "empurrando com a barriga", modo zumbi... Na vida sempre teremos problemas (pmo tira nossa capacidade de enfrentá-los), momentos felizes e tristes, mas pmo deixa tudo "cinza", nada importa, tudo é chato, ninguém é legal...
V4x more_vert
V4x
no corpo PMO nunca me afetou em nada, sempre tive a disposição e animo que sempre tive (q nunca foi la essas coisas) mas na mente mudou completamente meu jeito de ver as mulheres. o que eu mais odeio na pornografia é como ela fantasia o sexo e a mulher e como isso lentamente entra na sua cabeça
RockyBalboa97, Stitch 626 and |Gon| like this.